Header Ads


Eduardo Braga (MDB) inicia caminhada no interior

AMAZONAS - O senador Eduardo Braga (MDB) iniciou, neste fim de semana, a caminhada pelo interior do Estado, com lançamento de sua candidatura à reeleição ao Senado Federal, com forte apoio de lideranças e da população local. Eduardo começou sua caminhada no sábado, 18, por Manacapuru, passou para Guajará, no domingo, 19, e seguiu para Ipixuna e Carauari nesta segunda-feira, 20, em uma agenda extensa na qual apresentou um balanço de seu mandato no Sanado com a obtenção de emendas para grandes investimentos nos municípios.

Uma das emendas possibilitou a construção da primeira Unidade Básica de Saúde (UBS) fluvial para Guajará, 1.476 quilômetros Manaus. A unidade está sendo construída e deve chegar ao município em dezembro deste ano. Ela será equipada com laboratório, consultório ginecológico e odontológico, e ampla estrutura para levar atendimento médico a comunidades distantes do município. Os recursos para a UBS estão entre os mais de R$ 400 milhões em emendas obtidos com a intervenção de Braga no Senado.

Outra intervenção de Eduardo resultou em uma emenda de R$ 6,5 milhões para pavimentar bairros de Guajará. Ele lembrou que, além do papel de senador, seu trabalho enquanto governador do Estado também teve forte atuação no interior. “Conseguimos uma emenda que pavimentou o bairro Saborá e várias ruas de Guajará. Um dos nossos primeiros atos no Governo do Estado foi melhorar o sistema viário do município e também asfaltar a estrada que liga Cruzeiro do Sul a Guajará. É esse trabalho que queremos continuar no Senado. Assim como arrumamos recursos para várias obras em Guajará, minha vontade e de continuar a ajudar o povo a ter emprego, renda, desenvolvimento e uma vida melhor com o trabalho no Senado”, destacou.

Em Manacapuru Eduardo alertou que, apesar das realizações na Região Metropolitana de Manaus (RMM), é preciso avançar e um dos caminhos para gerar oportunidade de emprego e renda é a BR-319, cujas intervenções passam pelo Senado. Ele explica que o desenvolvimento do Estado com a realização de grandes obras deve convergir para a interligação com rodovia. “O caminho mais curto é uma ponte que fará a interligação da estrada duplicada de Manacapuru com a BR-319, entre a Bela Vista e Manaquiri, com uma ponte sobre o Rio Solimões, que interligaria, via estrada do Manaquiri, Manaus com Manacapuru, com o resto do Brasil, gerando oportunidade de emprego e renda de milhares de amazonenses”, ressaltou.
Embora o trabalho no Senado fosse o foco, Braga também foi lembrado por seu legado com a criação da RMM como estratégia de desenvolvimento para os municípios e a ponte Rio Negro como uma transformação na vida de milhares de pessoas que dependiam da travessia, em balsas. “Muitos me acusavam que era uma ponte para ligar nada a coisa nenhuma. Quem não enxerga o futuro podia dizer isso. Mas hoje, passam sobre a ponte que é de Manacapuru, Iranduba e Novo Airão, 15 mil carros por dia. Alguém tem saudade das balsas? Alguém quer ficar madrugadas esperando por uma balsa . Este é um passado que não volta para Manacapuru, da mesma forma que projetamos, idealizamos e deixamos os recursos do BNDES para a duplicação da Am-70.

Nenhum comentário:

Mídia Social Ronaldo Aleixo . Tecnologia do Blogger.